HomeAMPROAMPRO NEWS

MP-RO realiza semana de eventos com participação do corregedor nacional do MP, Orlando Rochadel Moreira

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) recebeu a visita do corregedor Nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel Moreira. O corregedor partic

Frentas debate valorização das carreiras com presidente do STF
Ministério Público obtém da Justiça liminar que afasta servidores da Sejus de Jaru
CONAMP lança cartilha “16 fatos que você não sabe sobre o novo CPP e que aumentarão a impunidade no Brasil”

(Foto: Ascom MP-RO)

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) recebeu a visita do corregedor Nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel Moreira. O corregedor participou de uma vasta programação realizada pelo MPRO na última semana, ministrando a palestra sobre “Os Desafios da Corregedoria Nacional do MP”. Os eventos contaram com a participação de diversos membros do Ministério Público de Rondônia.

“O mais importante não é o número de processos despachados em uma Promotoria, mas a transformação social que os promotores de Justiça podem promover na sociedade”, disse Rochadel.

A palestra foi proferida na abertura do ‘Encontro Regional de Membros em Estágio Probatório e Diálogo da Corregedoria Nacional do Conselho Nacional do Ministério Público’, com membros e servidores do MPRO. O objetivo foi aprimorar o desempenho dos integrantes da instituição, com qualidade e competência na execução de suas atividades.

Ainda no evento, Rochadel lembrou aos servidores e membros do MPRO, em especial os promotores de Justiça em estágio probatório, os pilares básicos adotados pela Corregedoria Nacional do MP na sua gestão: amor, e não temor, qualidade (resolutividade) da atuação; unidade e indivisibilidade do Ministério Público, humanização e evolução humana e quem ama corrige.

O procurador-geral de Justiça do MPRO, Airton Pedro Marin Filho, destacou o imenso orgulho do Ministério Público do Estado de Rondônia em sediar o Encontro Regional da Corregedoria Nacional. “Nossa gratidão inicialmente à Corregedoria Nacional, na pessoa do corregedor Nacional, Orlando Rochadel, e sua valorosa equipe de membros auxiliares por terem elegido o Parquet rondoniense para sediar esse importante trabalho, não só para quem ingressa na carreira em estágio probatório, mas para quem nela já estão; e servidores”.

A corregedora do MPRO, procuradora de Justiça Vera Lucia Pacheco Ferraz de Arruda, por sua vez, reforçou a honra de receber o Encontro Regional da Corregedoria Nacional. ‘É um privilégio para os membros, em especial os que estão em estágio probatório e servidores, a oportunidade de terem orientações diretas da Corregedoria Nacional, que tem um grande carinho de quem inicia a carreira e dá sustentação a todos os serviços da instituição”.

Diversas autoridades prestigiaram a solenidade de abertura do ‘Encontro Regional da Corregedoria Nacional para Membros em Estágio Probatório e Diálogo com Membros e Servidores’. Entre elas, o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCERO), conselheiro Edilson Souza Silva; a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho Rondônia/Acre, Camilla Holanda Mendes da Rocha; O defensor público-geral do estado de Rondônia, Marcus Edson de Lima; o procurador-chefe do Ministério Público Federal em Rondônia, Daniel Azevedo Lobo; e o presidente da Associação do Ministério Público de Rondônia (Ampro), Alexandre Jéssica Santiago; além de membros auxiliares da Corregedoria Nacional do CNMP, membros em Estágio Probatório do estado do Amazonas; entre os membros e servidores do MPRO.

Decano
Ainda durante o encontro, o membro decano do MPRO, procurador de Justiça Edmilson José de Matos Fonsêca, apresentou o trabalho realizado dentro do ‘Projeto Epilepsia em Sociedade’, idealizado e coordenado por ele, com execução do Centro de Apoio Operacional da Saúde (Caop-Saúde).  Logo em seguida, foi aberto um espaço para o diálogo, debates e perguntas entre os membros e servidores com a Corregedoria Nacional do MP.

Palestras
Também durante o evento, foi realizada a palestra do coordenador disciplinar da Corregedoria Nacional do MP, Rafael Schwez Kurkowski, sobre os “Aspectos disciplinares de maior incidência na Corregedoria Nacional”.

O coordenador substituto de Correições e Inspeções da Corregedoria Nacional do MP, Clístenes Bezerra de Holanda, abordou os “Parâmetros de Qualidade e Resolutividade do Ministério Público brasileiro à luz da Recomendação de Aracaju”. Em seguida, os coordenadores de Inovação, Evolução Humana e Estágio Probatório da Corregedoria Nacional do MP, Jairo Cruz Moreira e Samuel Alvarenga fizeram considerações gerais sobre o Estágio Probatório.

(Foto: Ascom MP-RO)

Evento de capacitação na Área de Atuação Extrajudicial
No dia anterior ao ‘Encontro Regional de Membros em Estágio Probatório e Diálogo da Corregedoria Nacional do Conselho Nacional do Ministério Público’, a Corregedoria-Geral do Ministério Público do Estado de Rondônia, com apoio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf), realizou o curso de “Capacitação na área de Atuação Extrajudicial”, com a participação de cerca de 60 promotores da capital e interior do estado.

O evento teve como público-alvo promotores de Justiça em estágio probatório do Ministério Público de Rondônia, membros convidados dos Ministérios Públicos dos estados do Acre, Amazonas e Mato Grosso, além de procuradores e promotores de Justiça que atuam na área extrajudicial.

A capacitação visou atualizar o conhecimento dos membros acerca dos aspectos práticos da atuação Ministério Público na área extrajudicial. Também teve como intuito apresentar noções gerais sobre o tema, visando proporcionar a melhoria e aperfeiçoamento da atuação funcional, possibilitando aos membros qualidade e competência técnica na atuação de suas atividades, promovendo o desempenho individual e coletivo, profissional e institucional de atuação do Ministério Público neste âmbito.

Palestras
O curso teve como palestrantes o promotor de Justiça de Rondônia e membro auxiliar e coordenador substituto de Inovação, Evolução Humana e Estágio Probatório na Corregedoria Nacional do Ministério Público, Samuel Alvarenga Gonçalves; o promotor de Justiça de Rondônia e membro auxiliar do Conselho Nacional do Ministério Público, Pedro Colaneri Abi Eçab; e o procurador da República e professor adjunto na Universidade Presbiteriana Mackenzie e professor e orientador pedagógico na Escola Superior do Ministério Público da União, Edilson Vitorelli Diniz Lima.

Ainda durante o curso de “Capacitação na área de Atuação Extrajudicial”, foi realizado o painel de boas práticas com palestras dos promotores de Rondônia Emilia Oiye, Edna Antonia Capeli da Silva Oliveira, Marcília Ferreira da Cunha E Castro e Fábio Capela.

“O Ministério Público de Rondônia tem se mantido na vanguarda em relação à atuação extrajudicial, na tutela de interesses difusos e coletivos, exemplo disso são as boas práticas tratadas durante o evento pelos colegas, destaques em suas áreas de atuação”, disse Alexandre Jésus, que parabenizou também os organizadores do evento pela qualidade das palestras e dos debates. “Ganha toda a sociedade de Rondônia com eventos assim, pois se buscou aprimorar ainda mais a atuação do MP em sua defesa”, finalizou.

*Com informações do MPRO.