MP participa de eventos alusivos ao Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher

HomeAMPROUncategorized

MP participa de eventos alusivos ao Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher

O Ministério Público de Rondônia participou na última quinta-feira (25/11), Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra a Mulher, de eve

Nota Técnica do GAEPE-RO apresenta posicionamentos sobre a política pública educacional em Rondônia
Fortalecimento da atuação do MP é tema de reunião da CONAMP em Rondônia
Lideranças do MP reúnem-se com presidente da comissão especial e relator da PEC 5

O Ministério Público de Rondônia participou na última quinta-feira (25/11), Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra a Mulher, de eventos alusivos aos “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”.

As Promotoras de Justiça Tânia Garcia Santiago e Flávia Barbosa Shimizu Mazzini ministraram palestras em eventos virtuais, oportunidade em que expuseram a atuação do MP rondoniense na seara do combate à violência contra esse público, detalhando projetos voltados para a prevenção, apoio e acolhimento às vítimas.
Tânia Garcia integrou a programação da live Mulheres em Defesa da Vida, no painel “Rede de Enfrentamento a Violência contra a Mulher”. Na oportunidade, falou da atuação da Instituição no enfrentamento da violência contra mulher, citando, entre outras iniciativas, o projeto MP Presente – Mulher Protegida, que vem sendo executado nas comunidades que não possuem Promotorias de Justiça fisicamente instaladas.
“Nesses locais, o MP faz atendimento ao público, conversa com autoridades e comunidade em geral e ainda disponibiliza um número de whatsapp para receber denúncias”, explicou.
O projeto, desenvolvido pelas Promotorias de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar, também foi destacado pela Promotora de Justiça Flávia Barbosa Shimizu Mazzini na roda de conversa com o tema: ‘Protagonismo das Mulheres Portovelhenses, 16 dias de Ativismo pelo fim da violência contras as mulheres’.
Tao fazer uso da palavra, a Promotora ressaltou que a iniciativa leva atendimento descentralizado às vítimas de violência doméstica nos distritos. “Acreditamos no trabalho de rede, nós só temos a ganhar e aperfeiçoar nossa atuação e com esse propósito avançamos nos espaços de construção de políticas públicas”, reforçou.
MPRO/Departamento de Comunicação Integrada – DCI