MP intensifica ações de higienização visando reduzir o contágio por Covid e orienta servidores para rotina de cuidados

HomeAMPROUncategorized

MP intensifica ações de higienização visando reduzir o contágio por Covid e orienta servidores para rotina de cuidados

Desde o início da pandemia da covid-19, o Ministério Público de Rondônia, por meio da Seção de Serviços Gerais (SESEG), vem realizando diversas medida

Membros do MPRO recebem homenagem em cerimônia da Polícia Militar
Ministério Público apóia oficinas de Educação Menstrual e produção de bioabsorventes para apenadas de Ji-Paraná
MPRO e Aeronáutica estreitam relações para combate à criminalidade em Vilhena

Desde o início da pandemia da covid-19, o Ministério Público de Rondônia, por meio da Seção de Serviços Gerais (SESEG), vem realizando diversas medidas de prevenção à doença, empregando esforços em atividades pertinentes à unidade, com serviços de limpeza, higienização e desinfecção das instalações prediais da Instituição em todo o Estado. O objetivo das medidas permanece sendo o de garantir a segurança sanitária dos integrantes e do público que acessa o MP, visando evitar eventuais casos de contágio.

Conforme relata o chefe da Seção, Marcos de Paula Ferreira, os ambientes têm sido minuciosamente higienizados e desinfectados por empresa terceirizada, contratada para as atividades de limpeza das instalações prediais. As ações incluem não apenas a limpeza de salas, mas também de equipamentos, mobiliários e pontos de contato comuns, como corrimãos, maçanetas e elevadores, entre outros.

As medidas de higienização e desinfecção foram implementadas e vêm sendo intensificadas, diante do novo aumento de casos, com orientação ao corpo de colaboradores para a adoção de uma rotina de cuidados no acesso de espaços e equipamentos de uso coletivo.

Orientações – A recomendação aos servidores em trabalho presencial é para que se faça a higienização das mãos antes e após o uso de estações de café; torneiras, botões de elevadores, corrimãos e outros dispositivos de utilização comum, além de cumprir com o já obrigatório uso da proteção facial (máscaras). “O objetivo é aumentar o nível de segurança sanitária dentro de nossas instalações, reduzindo riscos de transmissão da covid”, afirma o chefe da Seção.

Em breve, uma campanha institucional deverá intensificar o trabalho de sensibilização junto ao público que acessa as instalações prediais, com peças visuais pensadas estrategicamente para fortalecer a cultura de cuidados e ações preventivas.

DCI – Departamento de Comunicação Integrada