MP intensifica ações de higienização visando reduzir o contágio por Covid e orienta servidores para rotina de cuidados

HomeAMPROUncategorized

MP intensifica ações de higienização visando reduzir o contágio por Covid e orienta servidores para rotina de cuidados

Desde o início da pandemia da covid-19, o Ministério Público de Rondônia, por meio da Seção de Serviços Gerais (SESEG), vem realizando diversas medida

Ministério Público de Rondônia assumirá a presidência do Conselho Nacional dos Corregedores-Gerais
Promotor de Justiça Charles Martins se aposenta após 29 anos de serviço prestado ao Ministério Público de Rondônia
Ministério Público brasileiro defende a integral rejeição da PEC 5

Desde o início da pandemia da covid-19, o Ministério Público de Rondônia, por meio da Seção de Serviços Gerais (SESEG), vem realizando diversas medidas de prevenção à doença, empregando esforços em atividades pertinentes à unidade, com serviços de limpeza, higienização e desinfecção das instalações prediais da Instituição em todo o Estado. O objetivo das medidas permanece sendo o de garantir a segurança sanitária dos integrantes e do público que acessa o MP, visando evitar eventuais casos de contágio.

Conforme relata o chefe da Seção, Marcos de Paula Ferreira, os ambientes têm sido minuciosamente higienizados e desinfectados por empresa terceirizada, contratada para as atividades de limpeza das instalações prediais. As ações incluem não apenas a limpeza de salas, mas também de equipamentos, mobiliários e pontos de contato comuns, como corrimãos, maçanetas e elevadores, entre outros.

As medidas de higienização e desinfecção foram implementadas e vêm sendo intensificadas, diante do novo aumento de casos, com orientação ao corpo de colaboradores para a adoção de uma rotina de cuidados no acesso de espaços e equipamentos de uso coletivo.

Orientações – A recomendação aos servidores em trabalho presencial é para que se faça a higienização das mãos antes e após o uso de estações de café; torneiras, botões de elevadores, corrimãos e outros dispositivos de utilização comum, além de cumprir com o já obrigatório uso da proteção facial (máscaras). “O objetivo é aumentar o nível de segurança sanitária dentro de nossas instalações, reduzindo riscos de transmissão da covid”, afirma o chefe da Seção.

Em breve, uma campanha institucional deverá intensificar o trabalho de sensibilização junto ao público que acessa as instalações prediais, com peças visuais pensadas estrategicamente para fortalecer a cultura de cuidados e ações preventivas.

DCI – Departamento de Comunicação Integrada