HomeAMPRO

MP alinha medidas para monitoramento do Planejamento Estratégico 2021-2030

O Ministério Público de Rondônia realizou reunião na última quinta-feira (18/02) para alinhar medidas que visam ao acompanhamento e monitoramento

Contra representação em favor do estado de defesa, entidades do MP cobram reverência ao regime democrático, missão precípua do MP brasileiro
Promotor de Justiça participa de reunião com ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos
Congresso Nacional aprova reajuste de subsídios de ministros do STF e do PGR

O Ministério Público de Rondônia realizou reunião na última quinta-feira (18/02) para alinhar medidas que visam ao acompanhamento e monitoramento do Planejamento Estratégico da Instituição – 2021/2030. Aprovado em dezembro de 2020 e em vigor desde janeiro, o instrumento já está em fase de execução pelas unidades que compõem o MPRO.

Sob a condução do titular da Coordenadoria de Planejamento e Gestão (Coplan), Promotor de Justiça Jorge Romcy Auad Filho, a reunião teve como propósito central definir ações para uma supervisão eficiente de todo o curso de materialização do Planejamento.
O Planejamento Estratégico é o documento que prevê processos estabelecidos para a construção acertada do futuro institucional, com a adoção de estratégias, objetivos, indicadores e metas. O instrumento viabiliza um crescimento ordenado e em harmonia com as necessidades da sociedade, visando sempre o melhor atendimento do Ministério Público de Rondônia às demandas da população.
Um dos pontos abordados no encontro da quinta-feira foi a Resolução, recentemente aprovada pelo Colégio de Procuradores do MPRO, que disciplina a execução do Planejamento pelo período de dois anos. A norma, conforme destacado, deverá organizar e impulsionar o cumprimento do planejamento, como também fortalecer esse trabalho dentro da cultura organizacional.
Outro assunto tratado foi o Plano de Implementação do Planejamento Estratégico, uma espécie de roteiro detalhado a ser utilizado pela Coplan, em sua atribuição de acompanhar as unidades das áreas fim e meio do Ministério Público no cumprimento do instrumento.
O  Plano de Implementação prevê a publicação de portarias, elaboração de cronograma de desenvolvimento de iniciativas, definição de responsáveis por ações específicas, agendamento de reuniões de acompanhamento, entre outras atividades.
Fonte: MPRO/DCI-Departamento de Comunicação Integrada