Ministério Público de Rondônia investe na melhoria da Central de Segurança Institucional

HomeAMPROUncategorized

Ministério Público de Rondônia investe na melhoria da Central de Segurança Institucional

O Ministério Público de Rondônia vem investindo na melhoria da estrutura da Central de Segurança Institucional, unidade operada pelos Agentes de S

MPRO firma TAC com município de Cacoal para melhorias no programa socioeducativo
MPRO altera estacionamento para Membros e servidores lotados no edifício-sede a partir desta terça
Campanha RespirAR: associações do Ministério Público se mobilizam para ajudar a população do Amazonas

O Ministério Público de Rondônia vem investindo na melhoria da estrutura da Central de Segurança Institucional, unidade operada pelos Agentes de Segurança, onde ficam armazenadas as imagens de Circuito Fechado de TV (CFTV) da capital e visualização do sistema de todo o Estado.

Com a recente reforma da Central de Segurança, foi otimizado o ambiente de trabalho, sendo possível a instalação de um painel com 8 televisores de 48’’ para visualização de cerca de 144 câmeras de segurança, apenas da capital. Foi aperfeiçoada também a visualização das imagens do interior, além de disposição adequada de todo o mobiliário pertinente aos equipamentos de segurança de uso individual e coletivo, trazendo maior segurança aos servidores nas trocas de plantões.
Em parceria com a Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), estão sendo adquiridos mais HDs, que serão responsáveis por um aumento na capacidade de armazenamento das imagens de segurança. Foi adquirido ainda um Workstation onde será instalado um software VMS para vídeo análise, que dinamizará as buscas e o armazenamento, trazendo mais eficácia na prestação do serviço de videomonitoramento.
Contando com câmeras em 1080p, o que confere imagens em qualidade FullHD, a Central de Segurança Institucional dispõe também  de aparelhos de gravação específicos e mesa controladora para as quatro câmeras Speed Dome existentes.
Promotorias do Interior
Atualmente, nas Promotorias de Justiça do interior, o sistema de CFTV institucional é independente da capital. Isso garante maior autonomia ao chefe de cartório e/ou agentes de segurança e maior eficiência na visualização e recuperação das imagens, não sobrecarregando a banda de internet na localidade.
Também é na Central de Segurança que são geridas as demandas de SOS sob responsabilidade da Seção de Segurança (SEDESG), bem como são recebidos os chamados das centrais de alarme monitorados das Promotorias do interior onde possuem.
Sendo assim, na ocorrência de alguma intrusão, fora do horário de expediente, a equipe de agentes de segurança prontamente realiza uma busca no CFTV, fazendo contato com o grupamento policial quando necessário, chefe de cartório e demais providências conforme protocolo estabelecido.
A Central de Segurança Institucional pode ser acionada por meio do ramal 63900.

Fonte: MPRO/Departamento de Comunicação Integrada (DCI/MPRO)