Ministério Público de Rondônia adere à Campanha “MP + Seguro”

HomeAMPROUncategorized

Ministério Público de Rondônia adere à Campanha “MP + Seguro”

O Ministério Público de Rondônia aderiu à Campanha MP + Seguro, uma iniciativa idealizada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), com

Ministério Público enaltece trabalho do Procurador de Justiça Charles Tadeu Anderson
Ministério Público de Rondônia prestigia posse de novos Defensores Públicos do Estado
Ampro apoia painel inaugurado com arte em grafite inspirada na história do MP-RO

O Ministério Público de Rondônia aderiu à Campanha MP + Seguro, uma iniciativa idealizada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), com o objetivo de promover o aprimoramento dos sistemas de proteção de integrantes do MP brasileiro, além de materiais, instalações, informação e ainda da imagem institucional.

A  mobilização tem como objetivo principal disseminar informações, sensibilizar e engajar os integrantes do Ministério Público (membros, servidores, terceirizados e estagiários) para a importância de que é papel de todos zelar pela segurança institucional.
A campanha é uma ideia pioneira no CNMP em matéria de segurança institucional. A proposta assume maior relevância diante dos desafios impostos pelas medidas de distanciamento social para o combate à pandemia da Covid-19, notadamente, diante da imediata implantação do trabalho remoto e após notícias de recentes ataques aos sistemas informatizados de órgãos da administração pública.
Com slogan “MP mais seguro depende de você”, a inciativa pretende englobar os cinco eixos de segurança discriminados na Política de Segurança Institucional do Ministério Público, estabelecida pela Portaria CNMP nº 156/2017: segurança da informação, das pessoas, institucional, nas áreas e instalações e dos materiais.
Em Rondônia, a campanha será divulgada com a publicação de peças publicitárias nos canais oficiais do MP, como site, intranet, Instagram, Facebook, entre outros.
Etapas-   A campanha será desenvolvida em três fases: sensibilização, diagnóstico e reconhecimento. A primeira terá caráter pedagógico para a disseminação das informações fornecidas pela Comissão a fim de sensibilizar e engajar os públicos-alvo em atitudes que contribuam com a segurança institucional.
A segunda fase será composta por uma pesquisa direcionada às chefias das unidades e ramos do Ministério Público, para identificar o que foi implementado de acordo com a Política de Segurança Institucional; e entre os colaboradores, para identificar a percepção deles sobre segurança no ambiente de trabalho.
Com base no levantamento feito na segunda fase da campanha, a terceira fase consistirá no reconhecimento das unidades e ramos dos Ministérios Públicos que se empenharam na implementação dos itens previstos na Política Nacional de Segurança Institucional. A proposta é que o evento de premiação ocorra no dia 14 de dezembro deste ano, quando se comemora o Dia do Ministério Público.
Fonte: MPRO – Com informações do CNMP