HomeAMPRO

Conamp participa de reunião na Casa Civil para discutir pedido de veto ao PL 7448/17

Representantes da Conamp participaram de uma reunião, nesta terça-feira (17), com o subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha. O ped

Presidente da Ampro participa de reunião do Conselho Deliberativo da Conamp, na Paraíba
MP acompanha implementação de ações para regularizar áreas degradadas em Ouro Preto
Presidente da Ampro participa de reunião ordinária do Conselho Deliberativo da Conamp, em Goiânia (GO)

Representantes da Conamp participaram de uma reunião, nesta terça-feira (17), com o subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha. O pedido de veto ao projeto de lei 7448/2017 (PLS 349/2015), que altera a Lei de Introdução às Normas no Direito Brasileiro (LNDB) e fragiliza a lei de improbidade, flexibilizando a imposição de sanção, foi o tema do encontro.

Além do 1º vice-presidente da Conamp, Manoel Murrieta; e o secretário-geral, Elísio Teixeira; também estiveram presentes representantes de entidades que são contra a mudança.

Durante a reunião, foi apresentado ao subchefe da Casa Civil o ofício conjunto enviado ao presidente da República solicitando veto. Além da Conamp, assinaram o documento a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), e o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait).

Além do ofício, a Conamp acompanhou a tramitação da matéria e manifestou preocupações em reunião com o autor do texto, o senador Anastasia. A entidade também esteve reunida com a deputada Érika Kokay, que apresentou requerimento para que a matéria fosse apresentada em plenário e democraticamente discutida.

No entanto, por acordo de líderes, o requerimento foi rejeitado. Por poder conclusivo das comissões, o projeto foi aprovado sem passar pelo Plenário das duas Casas Legislativas e seguiu para sanção.

Reunião foi na Casa Civil (Foto: Ascom Conamp)