HomeAMPRO

Ampro participa de posse do novo procurador-geral de Justiça do MPRO Aluildo Oliveira Leite

Durante a solenidade, também foi empossado o novo corregedor-geral de Justiça Cláudio Wolff Harger O promotor de Justiça Aluildo Oliveira Leite to

Ampro participa de cerimônia de posse do novo governador de Rondônia
MP obtém liminar que suspende interdição e decreta retorno de aulas presenciais em Escola em Buritis
A perpétua pela democracia

Durante a solenidade, também foi empossado o novo corregedor-geral de Justiça Cláudio Wolff Harger

O promotor de Justiça Aluildo Oliveira Leite tomou posse como novo procurador-geral de Justiça, no último fim de semana. Juntamente com ele, o procurador de Justiça Cláudio Wolff Harger também foi empossado pelo Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público de Rondônia (MPRO) no cargo de corregedor-geral, para o biênio 2019/2021. A solenidade de posse contou com a presença do presidente da Associação do Ministério Público de Rondônia (Ampro), Alexandre Jésus; além da presença do governador Marcos Rocha; do presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), Laerte Gomes; do presidente Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO), desembargador Walter Waltemberg; e demais autoridades.

“Quero parabenizar o nosso novo procurador-geral de Justiça, Dr. Aluildo Oliveira Leite e o novo corregedor-geral, Dr. Cláudio Wolff Harger. Dizer que como atual presidente da Ampro, saliento que a entidade está de portas abertas para trabalharmos juntos no fortalecimento da classe, não medindo esforços na criação de ações para que nós, promotores e procuradores públicos, possamos desempenhar um trabalho digno do tamanho da nossa missão: a de atuar na defesa da sociedade”, afirmou Jésus durante a posse.

O novo procurador-geral de Justiça do MPRO enfatizou que a corrupção é apontada como uma das causas da pobreza do país, desrespeito e desigualdades, contaminando os valores morais e tornando ineficiente os serviços públicos, de tal modo que inviabiliza as ações governamentais. “Por isso, o Ministério Público de Rondônia combate de forma intransigente a corrupção e as organizações criminosas”, acentuou Aluildo.

Airton Pedro Marin Filho, que deixa à Procuradoria-Geral de Justiça, agradeceu a confiança depositada pelos membros e servidores do Ministério Público nos quatro anos à frente da instituição. “Avançamos muito, muito fizemos, mas temos plena consciência de que muito ainda há por fazer. Se nós não conseguimos realizar, não foi por falta de vontade, de empenho e dedicação, mas sim porque condições nos faltaram”, ressaltou.

Também estiveram na solenidade o presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG) e procurador-geral de Justiça do Mato Grosso do Sul, Paulo Cezar dos Passos; os conselheiros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Fábio Stica, Sebastião Caixeta e Silvio Aparecido de Amorim Júnior, este representando a procuradora-geral da República, Raquel Dodge; o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia, Paulo Cury, que representou o presidente do TCE-RO; o presidente da OAB/RO, Elton Assis; representantes dos procuradores-gerais de Justiça dos estados do Maranhão, Acre, Santa Catarina e Roraima, além de integrantes da Defensoria Pública do Estado, Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Federal, Tribunais Federais, entre outras autoridades civis e militares, parlamentares, membros, servidores da instituição, representantes da sociedade civil e familiares dos empossados.

Nova equipe
A nova equipe da Administração Superior do Ministério Público do Estado de Rondônia será composta pelo subprocurador-geral de Justiça, procurador de Justiça Osvaldo Luiz de Araujo, cuja portaria de nomeação foi o primeiro ato praticado pelo novo procurador-geral de Justiça. Fazem parte ainda a chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, promotora Ana Brigida Xander Wessel; a diretora do Centro de Atividades Judiciais (CAEJ), promotora de Justiça Rosângela Marsaro Protti; o diretor do Centro de Atividades Extrajudiciais (CAEX), promotor de Justiça Shalimar Priester Marques; o secretário-geral, promotor de Justiça Marco Valério Tessila de Melo; e acumulando as funções de coordenador de Planejamento e Gestão (Coplan) e diretor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), o promotor de Justiça Jorge Romcy Auad Filho.