AMPRO  articula de evento “Caravana pra Elas”, voltado para mulheres em situação de vulnerabilidade

HomeAMPRO

AMPRO articula de evento “Caravana pra Elas”, voltado para mulheres em situação de vulnerabilidade

A Associação dos Membros do Ministério Público de Rondônia (AMPRO), por meio de seu Presidente, Promotor de Justiça, Éverson Antônio Pini, articulou a participação do MPRO neste sábado (27/8), na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Daniel Neri da Silva, do evento “Caravana pra Elas”, um programa desenvolvido pelo Ministério da Economia e Sistema S, com o objetivo de desenvolver ações que possibilitem a qualificação e o empreendedorismo para gerar renda e liberdade econômica para mulheres em situação de vulnerabilidade.

MP obtém condenação por crimes de feminicídio e tentativa de homicídio em Cerejeiras
CONAMP apresenta ao PGR minuta de projeto de lei em reconhecimento à atividade de risco de Procuradores e Promotores de Justiça
Ministério Público entrega, em evento virtual, a revitalização de prédio das Promotorias de Justiça de Ji-Paraná

A Associação dos Membros do Ministério Público de Rondônia (AMPRO), por meio de seu Presidente, Promotor de Justiça, Éverson Antônio Pini, articulou a participação do MPRO neste sábado (27/8), na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Daniel Neri da Silva, do evento “Caravana pra Elas”, um programa desenvolvido pelo Ministério da Economia e Sistema S, com o objetivo de desenvolver ações que possibilitem a qualificação e o empreendedorismo para gerar renda e liberdade econômica para mulheres em situação de vulnerabilidade.

O presidente da AMPRO, que também representa a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), explicou que, à pedido do Sebrae, a instituição não poderia deixar de participar da ação, destinada a mulheres que já empreendem ou que querem empreender, oportuniza condições mínimas para que essas mulheres possam iniciar uma atividade produtiva, por meio de cursos e serviços gratuitos.

Na oportunidade, foram distribuídas cartilhas sobre os temas “Maria da Penha vai à escola” e “Boas Práticas de funcionamento para salão de beleza”, camisetas com tema “Mulher Protegida” e informativos da Ouvidoria das Mulheres do MPRO.

O Ministério Público também marcou presença, fazendo o acolhimento e orientando as mulheres sobre as ações do MPRO, na atuação pela garantia dos seus direitos fundamentais, através do Grupo de Atuação Especial Cível e de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Consumidor e da Saúde (GAECIV), do Núcleo de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (NUVID), das Promotorias de Enfrentamento à Violência Doméstica e Ouvidoria.